Brasil 247 – A Procuradoria Geral da República pede abertura de inquérito contra o ministro da Educação, Milton Ribeiro pelas declarações homofóbicas que fez em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo. 

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu ao Supremo abertura de inquérito sobre Milton Ribeiro por declarações homofóbicas.

O ministro da Educação do governo de extrema direita de Jair Bolsonaro disse na entrevista que os  adolescentes que “optam pelo homossexualismo” são de “famílias desajustadas”. 

“Sua Excelência, na oportunidade, fez afirmações ofensivas à dignidade do apontado grupo social”, afirmou o vice-procurador-geral Jacques no pedido de investigação. Ele solicitou também autorização para que a Polícia Federal tome o depoimento do ministro.