O projeto “Teatro e Educação Inclusiva” da Universidade Federal do Acre (Ufac) recebeu a doação de 70 quilos de argila da Fundação do Bem-Estar Social do Acre (Funbesa), que será destinada ao Centro de Ensino Especial Dom Bosco e ao Centro de Apoio Pedagógico para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual de Rio Branco, para a promoção de atividades que estimulam os sentidos e como ferramenta pedagógica.

A doação dos 70 quilos de argila ocorreu na manhã desta sexta-feira, 25, na sede da Funbesa, vinculada à Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM). O projeto beneficiará as instituições com aulas online, com 30 alunos  trabalhando a estimulação corporal e sensorial.

“Estimular as habilidades corporais e sensoriais é muito importante para o desenvolvimento motor desses alunos. A doação desses 70 quilos de argila irá auxiliar nessas atividades. Iremos também acompanhar a entrega junto às instituições”, ressaltou a secretaria da SEASDHM, Ana Paula Lima.

Teatro e educação inclusiva

O projeto é coordenado pelo docente do curso de Artes Cênicas: Teatro,  Carlos Alberto Ferreira, da Ufac, e surgiu com a necessidade de envolver a área de artes cênicas com a acessibilidade e, também, com o estudo da educação inclusiva. O objetivo é a promoção de aulas de teatro para pessoas com deficiência, explicou o coordenador.

Serão desenvolvidas atividades de mobilidade motora, através do uso de argila, aquecimento corporal, contação de histórias, teoria e prática de dança e música, tendo como foco o teatro. No projeto atuam sete bolsistas da Universidade, dos cursos de História bacharelado, Artes Cênicas, Letras Libras e Engenharia Agronômica.