Moradores do Seringal Joá, zona rural de Feijó, encontraram o corpo Elizomar de Souza, de 29 anos, na manhã de quarta-feira (23). O rapaz estava sumido desde a terça (22) e foi achado com ferimentos de arma de fogo e com as mãos amarradas para trás.

A Polícia Militar do Acre (PM-AC) recebeu uma ligação informando a situação e a equipe chamou a Polícia Civil, pessoal da perícia e o rabecão de Tarauacá, cidade vizinha.

A Polícia Civil da cidade informou que está em diligência investigando o caso e só pode falar na sexta (25).

O comandante da PM de Feijó, José Carlos Mendonça, disse que a família relatou que Souza estava desaparecido desde o dia anterior.

“De acordo com os familiares, ele sumiu às 8 horas do dia anterior [terça, 22]. Ele era conhecido dos militares, era envolvido no mundo do crime”, destacou.

Ainda segundo o comandante, o local onde o corpo foi achado fica longe da área urbana e é de difícil acesso. “Foi achado ontem [quarta, 23] e possivelmente foi execução. Recebemos a ligação de que havia um corpo e fomos. Lá é isolado, dá mais de 30 quilômetros da área urbana, é difícil o acesso e a guarnição que foi atolou várias vezes”, pontuou.

Do G1 Acre