Um ofício assinado pelo coordenador de Acórdãos e Resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Enimar Moreira Cunha, enviado ao Tribal Regional Eleitoral do Acre, determinou que seja cumprida, imediatamente, a decisão que cassou os mandatos dos deputados federal Manuel Marcos e estadual Juliana Rodrigues, ambos do Republicanos.

O documento foi encaminhado na quarta-feira, dia 23, e já está na Presidência do TRE acreano. A documentação cita o nome do ex-prefeito Tião Bocalom como recorrido, e também do Ministério Público Federal, que é parte no processo.
A comunicação ao TRE acreana é clara: O TSE “determinou, por fim, a execução imediata das sanções [a cassação], independente da publicação do acórdão, nos termos do voto do Relator. Solicito de Vossa Senhoria, a adoção das providências necessárias ao seu cumprimento”, diz o documento.

Cogita-se que o ex-prefeito Tião Bocalom tem chances de ser diplomada como deputado, e tomar posse. Noutro campo, fala-se em Léo de Brito. Na Assembleia Legislativa, o nome deve ser o do ex-juiz Pedro Longo. Fonte: Notícias da Hora