O infectologista e deputado Jenilson Leite está bastante otimista com o resultado do estudo brasileiro para o tratamento de covid-19. Trata-se do uso de corticoides, medicamentos de ação anti-inflamatória e imunossupressora, que é usado para suprimir os mecanismos de defesa do corpo, um procedimento necessário para a realização de transplantes e enxertos, por exemplo. Sendo confeccionado a partir de um hormônio produzido pelo nosso corpo chamado de cortisol, que é produzido nas glândulas suprarrenais.

A descoberta é de cientistas brasileiros. Tendo no qual foi publicado no JAMA Network- site voltado especialmente para estudos relacionados à medicina- no dia 02 de setembro.

A coalizão covid-19 Brasil apresentou o resultado de mais um estudo para o tratamento do novo coronavírus. O estudo Codex (coalizão 3), publicado com uma meta-análise no JAMA, é intitulado “ Association bettween administration of systemic Corticosteroids ad mortality Among Critically III Patients Whith Covid-19 a Meta-analysis”, ou seja, tradução livre é : (Associação entre a administração de corticosteroides sistêmicos e mortalidade entre pacientes criticamente III com Covid-19 a Meta-análise). Os resultados obtidos mostram que a utilização de corticosteroides reduz a mortalidade (meta-análise) e aumenta os dias livres de ventilação (Codex) em pacientes graves de Covid.

A descoberta é tão significante, que partir de agora, esses resultados serão utilizados nos guidelines da Organização Mundial de Saúde, ou seja, serão inclusos o uso de corticoide para pacientes graves de Covid.

Para Jenilson Leite, os cientistas brasileiros estão de parabéns pela grande descoberta. “Essa descoberta é de suma importância, porque são remédios extraídos de plasmas, mas só é possível chegar a essa descoberta fazendo pesquisas, testes e mais testes, e isso requer investimento. Por isso, é necessário que o governo invista cada vez mais na ciência brasileira, aonde temos obtidos grandes resultados”, destaca o médico.

O infectologista pondera que é preciso acreditar na ciência do nosso país. “Os cientistas brasileiros tem surpreendido o mundo, além de bons pesquisadores, temos a maior biodiversidade do planeta. Temos que acreditar na ciência do Brasil. Para isso, o governo precisa para de cortar as bolsas de estudos e diminuir os recursos das áreas de pesquisas. Sem investimento não temos pesquisas e resultados como esse seria quase impossível de ser obtido”.