Um novo Complexo de Cultura será criado no município de Cruzeiro do Sul. Ele é fruto da reforma de três espaços culturais: o Teatro dos Nauas, o Salão Cultural Cordélia Lima e o Ginásio Poliesportivo Alaílton Negreiros. Na tarde deste sábado, 29, o governador em exercício, Major Rocha, realizou uma visita ao local onde verificou o avanço das obras.

Rocha destacou que estes são espaços importantes de cultura, lazer e esporte com recuperação viabilizada pelo governo do Estado, por meio do governador Gladson Cameli, e que terão uma importância significativa na vida da comunidade. “São espaços que já tiveram utilização e que sediaram campeonatos esportivos, grandes eventos, shows e que estavam abandonados. Nós estamos bem próximo de devolver à população de Cruzeiro do Sul esses espaços revitalizados, prontos para voltarem a ser utilizados”, afirmou.

Esta é a primeira grande reforma do Teatro dos Nauas. Com as alterações, o subsolo que antigamente funcionava apenas como depósito de lixo passará a abrigar a Sede Social da Fundação Elias Mansour (FEM) e também o Plantão de Cultura, espaço destinado a atividades musicais e aulas de dança e teatro. O Teatro dos Nauas tem capacidade para até 417 pessoas sentadas.

De acordo com o coordenador da FEM em Cruzeiro do Sul, Cordolino Mota, a reforma do Teatro dos Nauas é a obra mais complexa pois conta com uma revitalização geral. Desde a data da entrega, ele não havia passado por uma reforma tão grande. “Estamos trocando todos os aparelhos de ar condicionado e aproximadamente 1.500 metros quadrados de espaços físicos estão sendo construídos no porão do teatro”, ressaltou.

No espaço criado para a Sede Social da FEM, está sendo preparado um miniauditório, um escritório de atendimento e mais três salas de administração. Já no Ginásio Poliesportivo Alailton Negreiros e no Salão Cultural Cordélia Lima, a reforma consiste em melhorias em banheiros, revitalização do piso da quadra e estrutura de segurança.

Cordolino Mota destacou a sensibilidade do governo no que diz respeito às questões culturais e ao cuidado com os espaços voltados a essa área. “Tudo está sendo preparado para que a sociedade de Cruzeiro do Sul possa ser contemplada com os ambientes como se deve”, frisou.