PRF – Um carregamento de cachaça transportada sem nota fiscal foi aprendida na manhã de terça-feira (25), durante uma operação realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal do Brasil (RFB) e Secretaria Estadual de Finanças (Sefin), na BR-364, em Porto Velho.

Durante as abordagens, os policiais deram ordem de parada para o motorista da carreta carregada de mercadorias.

Na verificação de documentos, foi constatado que o carregamento de mercadorias estava sem nota fiscal.

No total, 2.500 caixas de cachaça, que eram transportados irregularmente de São Paulo para o Acre que foram apreendidas e encaminhadas para o pátio da Sefin. A carga está avaliada em R$ 160 mil.