O governador Gladson Cameli (PP) e a deputada Federal Mara Rocha (PSDB) vivem entre brigas, desde que começou o governo em 2019. Desta vez Mara diz que Gladson brinca de Reizinho e o governador revida, Mal amada

O desentendimento entre ambos começou ainda quando Mara pediu para o governador trocar o comando da SEPA – Secretaria de Produção e Agronegócio do Acre, na época dirigida por Paulo Wadt. A indicação era da Tucana que veio a romper com Wadt e por não ter o pedido aceito, Mara esbravejou. Com algumas conversas eles selaram a paz e a SEPA passou novamente para o controle da deputada.

O segundo Round aconteceu recentemente, quando Gladson anunciou que se filiaria ao PSDB, partido de Mara que não gostou muito da maneira com que o governador disse que chegaria comandando os rumos do partido. Mara disse que ele seria bem-vindo no PSDB, mas que o partido não era bagunçado e Gladson acabou recuando.

Desta vez o novo episódio se deu por uma lista vazada para imprensa, onde constam uma relação com 30 nomes de pessoas indicadas pela deputada que serão exonerados por Gladson Cameli.

Prints de mensagens trocadas entre Gladson e Mara Rocha vazaram e o clima de guerra entre ambos parece ter chegado no limite, com troca de farpas, acusações e um provável rompimento definitivo.

Gladson afirmou nesta segunda-feira (24), que Mara Rocha não faz mais parte de sua base de apoio, também confirmou que os indicados pela parlamentar serão exonerados.

“A relação chegou a um ponto insustentável; e como pensamos diferente sobre tantas coisas e faltou respeito dela para comigo eu não pretendo continuar. Ela está fora da minha base de apoio e seus indicados não farão mais parte deste governo”, disse Cameli.

Uma conversa entre o governador e o vice está agendada para os próximos dias. “Meu rompimento com a deputada Mara não se estende ao vice-governador Wherles Rocha, a menos que ele queira. Se ele quiser romper eu vou entender e aceitar, o que não posso é parar meu governo por conta de picuinhas. Os acreanos merecem mais do que isso”, destacou Gladson.

Veja o conteúdo de algumas das mensagens trocadas entre o governador Gladson e a deputada Mara;

Mara diz: “Bom dia “excelentíssimo” governador! Engula seus cargos e aproveite e comunique as pessoas que fizeram as indicações usando meu nome. Pare de picuinhas. Isso não é papel de um governador. Seu governo é fraco, um fiasco e não mostrou a que veio. As pessoas estão morrendo sem medicamentos, atendimento e estão jogadas nos hospitais. Seu sorriso falso e seus discursos vazios não vão enganar a população por muito tempo. Vai cumprir o papel para o qual o você foi eleito. Um estado não é brinquedo de menino rico para você brincar de reizinho! (sic)”

Gladson responde: “Você é uma babaca. Quanto te devo? Mal amada”.

Em seguida, o governador envia um áudio à deputada com a seguinte mensagem: “Mulher, não venha querer culpar sua incompetência. Sua politiqueirazinha”.

Diante de toda essa troca de acusações, o vice-governador Major Rocha, irmão da deputada Mara que também não anda nada satisfeito com Gladson, tem um encontro agendado com governador. Segundo especulações, essa reunião não deve ser em clima nada amistoso.