O ex-presidiário Francisco Horácio Taumaturgo de Moura, de 32 anos, foi morto em uma troca de tiros com a polícia que cumpria um mando de prisão contra ele por tráfico de drogas.

Ele foi morto no último sábado (15), na zona rural do município de Santa Rosa do Purus, na casa dele. Moura é sobrinho do prefeito de Marechal Thaumaturgo, Altanízio Sá, que confirmou a informação, mas disse que não ia se manifestar sobre o caso. Apenas afirmou que mandado judicial deve ser cumprido.

A ação que resultou na morte do ex-presidiário ocorreu quando as polícias Militar, Civil e Federal e também o Exército cumpriam um mandado de prisão. A Polícia Militar informou que os policiais fizeram um cerco na casa onde ele estava e ordenaram que saísse com as mãos na cabeça.

Moura demorou a abrir a porta e, quando abriu, já efetuou três disparos contra os policiais que reagiram em legítima defesa e acertaram um tiro na região do tórax. Com o disparo, ele foi contido pela polícia.

A Polícia Militar informou que uma equipe médica do hospital ainda foi acionada, mas o homem não resistiu e morreu no local. Do G1 Acre