Após dois dias da cassação do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, a cidade segue sem prefeito. Com a cassação também do vice, Zequinha Lima (PP), quem deve assumir prefeitura é o presidente da Câmara de Vereadores, Clodoaldo Rodrigues (PP), o vereador disse que ainda não foi notificado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC).

“Estou aguardando, acompanhei a decisão, mas estou aguardando porque não chegou nada ainda para mim, nem na Câmara”, explicou.

Rodrigues está na capital acreana, Rio Branco, desde segunda (10) para exames médicos. A previsão, segundo ele, é para retornar na próxima semana, mas se receber a notificação do TRE-AC retorna para o interior antes.

“No momento não tenho nada. Vamos aguardar, ter cautela e é um momento delicado. Preciso ser notificado para a Câmara dar posse ao prefeito, vamos cumprir a decisão”, resumiu.

O TRE-AC informou que a notificação do presidente já se encontra no cartório da 4ª Zona Eleitoral e deve ser entregue quando ele for encontrado.

Cassação publicada

Em uma sessão on-line na quarta-feira (12), o TER-AC decidiu, por unanimidade, manter o mandado cassado de Ilderlei Cordeiro e o afastamento dele e do vice-prefeito da prefeitura imediatamente. Além dos dois políticos, a decisão abrange também o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul Vagner Sales.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do TER-AC desta sexta. Com isso, o gestor é considerado afastado das funções após a publicação da cassação.

Sem o presidente da Câmara em Cruzeiro do Sul, a cidade fica sem prefeito até a notificação pelo TRE-AC.

Por Aline Nascimento, G1 Acre