Zequinha Lima se pronunciou em um perfil de sua rede social, onde relatou estar muito tranquilo e que estava preparado para qualquer que fosse o resultado do julgamento que cassou a chapa dele e de Cordeiro.

“Tenho recebido muitas mensagens de solidariedade, confesso que encarei com tranquilidade o resultado de ontem. As decisões da justiça são para se cumprir e assim vamos fazer, mas como cabe recurso da decisão o prefeito tem o direito de recorrer e se vier a reverter o quadro, ele será meu candidato a reeleição”, disse Zequinha.

Sobre os boatos de que estaria inelegível, ele tratou de desmentir. “Eu desde as primeiras ações do processo tratei cuidar de fazer a defesa e evitar essa situação e, estou apto sim a concorrer a disputa. “Eu nunca fiz cavalo de batalha para ser candidato, minha forma de fazer política sempre foi de lealdade e coerência. Sempre disse que meu candidato seria o prefeito Ilderlei Cordeiro e se assim puder ele será. Caso a decisão não seja revertida, meu nome está à disposição do Partido Progressistas e dos demais aliados, sempre fui um soldado”, disse Zequinha Lima.

A decisão do TRE que cassou a chapa Ilderlei Cordeiro e Zequinha Lima faltando apenas 4 meses para o fim do mandato, gerou muita discussão entre a sociedade cruzeirense. Ilderlei já declarou que sua defesa entrou com pedido de recurso nos tribunais superiores.