O engenheiro civil e ex-secretário de Infraestrutura do governo Gladson Cameli, Thiago Caetano, usou o seu perfil no Facebook para sugerir a construção inusitada no Acre, no título, ele usa a pergunta: “Será que é mesmo impossível termos um dia uma Praia Pública com ondas no Acre?!”

Apesar de deixar claro que a princípio seja apenas um sonho de quem é ‘apaixonado por praia’, Caetano diz que com um Bom Planejamento, poderia ser ‘criar condomínios e centros comerciais ao redor, hotéis e pousadas, além de um lazer durante todo o ano aos Acreanos… Poderia ser o centro de Festivais, Grandes Feiras, Grandes Eventos…’

Com sua experiência, ele arrisca dizer que um projeto assim sairia em torno de R$ 200 a R$ 300 milhões, mas que seria ‘facilmente angariado via emenda de bancada ou operação de crédito’.

As praias artificiais não são projetos impossíveis, existem algumas famosas como a Seagaia Ocean Dome, no Japão e outras espalhadas por outros lugares do mundo, inclusive no Brasil com o parque aquático Hot Park, em Goiás.

Por Correio68