Capacitações de brigadistas comunitários voluntários vão acontecer nas 9 unidades de conservação – Foto: Neto Lucena

Assessoria – O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), está realizando capacitações de brigadistas comunitários voluntários para atuar em ocorrências de queimadas nas nove Unidades de Conservação (UCs) do Estado.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBMAC) e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) da Polícia Militar (PMAC) são parceiros em mais uma iniciativa da gestão ambiental do governo no combate às queimadas. Com os equipamentos doados pelo WWF-Brasil, os comunitários poderão atuar no enfrentamento aos focos de calor com mais eficiência e segurança.

A primeira formação está acontecendo nos dias 6 e 7 de agosto, na Área de Proteção Ambiental (APA) Igarapé São Francisco, no Centro Huwa Karu Yuixibu, localizado no ramal História Encantada, próximo à estrada Transacreana.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani, destacou as ações do Meio Ambiente no combate às queimadas urbanas e incêndios florestais. “Essa data de 6 de agosto é muito marcante para o estado do Acre e estamos aqui na APA Igarapé São Francisco realizando a formação de brigadistas comunitários voluntários. Estou me sentindo realizado em poder apoiar as comunidades, uma resposta importante da gestão ambiental do governador Gladson Cameli”.

Israel Milani (ao centro) destacou as ações do Meio Ambiente no combate às queimadas urbanas e incêndios florestais – Foto: Neto Lucena

“Muito importante essa ação de hoje, com a chegada desses equipamentos nas comunidades. Para nós do WWF-Brasil é uma grande conquista”, disse o especialista em conservação do WWF-Brasil, Moacyr Araújo.

O tenente Freitas Filho, do CBMAC, disse que “se os focos de queimada forem combatidos em sua fase inicial, os riscos de incêndios serão reduzidos. Os equipamentos doados pelo WWF e essas formações vão nos ajudar muito, pois os comunitários vão saber como agir nessas ocasiões”.

O representante do Centro Huwa Karu Yuixibu, Mapu Huni, agradeceu a doação em nome de todos da comunidade. “No ano passado nós tivemos que lidar com essa realidade do fogo, quando cinco hectares da nossa terra foram queimados. Esse presente que gente recebeu com grande alegria vai nos ajudar a conservar nossa floresta. É um momento de celebrar, um avanço que a gente está vivendo, em ver nossa qualidade de vida melhorar”.

A Sema, por meio das divisões de Educação Ambiental e Áreas Naturais Protegidas, programou atividades de capacitação nas 9 UCs estaduais, sendo oito de uso sustentável e uma proteção integral.

O representante do Centro Huwa Karu Yuixibu, Mapu Huni, agradeceu a doação em nome de todos da comunidade – Foto: Neto Lucena

Em cada comunidade serão capacitados cinco brigadistas, com atividades teóricas e práticas ministradas por técnicos da Sema e bombeiros militares do Acre. Nas aulas teóricas serão realizadas atividades interativas que abordarão as temáticas da biodiversidade, ciclos biogeoquímicos e conservação do solo e da água. Nas atividades teóricas serão utilizadas as ferramentas didáticas da mochila do educador ambiental.

Após o conteúdo teórico será realizada, pelos bombeiros militares, a dinâmica de “Proteção da Terra”, que vai mostrar na prática aos participantes a ação direta do fogo no solo e suas consequências.

As atividades práticas serão conduzidas pelos bombeiros militares que darão as instruções necessárias aos participantes em relação ao uso correto dos equipamentos que formam o kit de brigadistas.

Equipamentos doados pelo WWF-Brasil – Foto: Neto Lucena

Cada base comunitária receberá os seguintes equipamentos:

1 pinga-fogo

1 soprador

1 tanque rígido

5 bombas flexíveis costais

5 óculos de proteção

5 capacetes brigadistas

5 facões com bainha

5 abafadores

5 kits de brigadista de uso pessoal contendo: 5 cintos NA táticos, 5 blusas manga longa com proteção solar, 5 mochilas de hidratação de 2 litros, 5 coletes de identificação, 5 máscaras, 5 chapéus, 5 luvas, 5 botas de combates, 5 calças e gandolas.