Goleiro Perotto e mais três atacantes do Náuas são aguardados na capital nos próximos dias — Foto: Manoel Façanha

O elenco do Náuas retornou aos treinamentos na última quinta-feira (30), no campo B da Federação de Futebol do Acre (FFAC), em Rio Branco (AC), após o Governo do Acre flexibilizar o decreto para os clubes de futebol profissional. Até a liberação, foram mais de quatro meses com as atividades suspensas.

Segundo o técnico do Cacique do Juruá, Mauro de Lazzari, a autorização para reinício dos treinamentos demorou ‘além do necessário’. Considerando os protocolos que os clubes deverão seguir e outros fatores, o treinador vê segurança na retomada do futebol.

– Na minha opinião, a liberação demorou um pouco além do necessário. Estamos falando de um esporte praticado ao ar livre, com o sol, muito espaço e principalmente com jovens atletas com saúde e disposição. Além de que, seguindo as recomendações de higiene e outros cuidados previsto no protocolo, dificilmente alguém se infectaria treinando ou jogando – opina.

“Estávamos todos ansiosos para voltar, já que fazia muito tempo sem podermos treinar”

Nos primeiros dias de atividades, Mauro de Lazzari têm 18 jogadores à disposição. O goleiro Perotto e os atacantes Carlos, Gustavo e Nicholas, que deixaram o alojamento durante a paralisação das atividades, devem voltar para capital a partir da próxima semana.

Além dos quatro retornos, o vice-presidente do Náuas, Marcelo Pedroza, explica que o elenco deve ser fechado com mais outros quatro ou cinco jogadores até a próxima semana.

– Vai chegar sim. A gente pretende fechar o grupo até o dia 6 ou 7 desse mês. Queremos contar com 26 ou 27 atletas – afirma.

O Náuas planeja realizar testes para Covid-19 nos próximos dias, antes até do que a FFAC deve disponibilizar aos clubes, segundo Marcelo Pedroza.

A FFAC aguarda a autorização para o retorno do Campeonato Acreano e a expectativa é de que recomece a partir da segunda quinzena de agosto. O Náuas ficou em terceiro lugar no grupo B no primeiro turno somando uma vitória, duas derrotas, seis gols marcados e três sofridos.

Técnico do Náuas, Mauro de Lazzari crítica demora para retomada dos treinamentos no Acre — Foto: Manoel Façanha

Por Kelton Pinho / Globo Esporte