As polícias junto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Acre (Gaeco) fizeram uma força-tarefa na manhã desta quinta-feira (30) para cumprir 52 mandados judiciais contra uma organização criminosa que atua em Rio Branco.

Ao todo, 36 pessoas foram presas preventivamente. De acordo com a Polícia Federal, os presos são considerados lideranças regionais dos grupos criminosos. Também foram encontradas e apreendidas armas de fogo, drogas e dinheiro de tráfico de drogas.

A ação conjunta contou com homens das polícias Federal, Civil e Militar.

Dos 52 mandados, 16 foram de busca e apreensão e 36 de prisão preventiva contra o Primeiro Comando da Capital (PCC). Os mandados foram expedidos pelo Juízo da Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco.

Do G1 Acre