Willamis França, do Notícias da Hora – A delegada Elenice Frez Carvalho, da Delegacia de Atendimento à Mulher Vítima de Violência, entrou com um pedido de proteção de urgência em favor de Willyani Cristina Martins Rodrigues Cardoso.

O caso dela se tornou público após o ex-marido, Claudenir Oliveira Cardoso, 46 anos, fazer um pedido de desculpas nas dependências da loja Riachuelo, no Via Verde Shopping.

Ontem (28), o caso ganhou mais um capítulo. De acordo com o denunciado à Polícia, o ex-companheiro que não aceita o fim do relacionamento teria ido à residência da amiga de Willyani, onde a mulher estava abrigada e teria “cortado as roupas de Willyani, além de quebra pertences da vítima como maquiagens e perfumes”. Consta ainda que o autor teria dito “onde eu achar ela, eu vou matar”.

Em depoimento, a mulher disse que conviveu, com Claudenir, 17 anos de sua vida, com quem tem dois filhos menores. Ela contou à delegada que está há dois meses separada e destaca que já há uma medida protetiva expedida pela Comarca de Rio Branco. Em seu relato, ela conta que o ex-marido é usuário de entorpecentes.