O acreano Wendel Almeida, 25 anos, venceu o mineiro Luiz Felipe Selvagem, na categoria peso casado 68 kg, e foi o único lutador do estado que conseguiu conquistar um triunfo no Shooto Brasil 100 – Solidariedade. O evento foi disputado no domingo (26), na Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ).

Satisfeito com a vitória, confirmada por decisão dos juízes, Wendel Almeida diz que conseguiu impor seu jogo contra o rival e, consequentemente, ser premiado com a segunda vitória no evento de MMA.

– Eu evoluí muito da minha primeira luta pra essa agora e fiz como falei. Falei que o moleque era talentoso e era talentoso realmente, mas que eu era melhor. Então impus meu jogo, fui pra cima e arranquei essa vitória para representar nosso povo acreano – celebrou.

Wendel Almeida aproveita os dias pós-triunfo para descansar, mas quer voltar a treinar o quanto antes. Ele projeta mais duas lutas em 2020 e quer participações em eventos internacionais no próximo ano.

– Eu vou ficar umas duas semanas agora descansando e quero voltar a treinar o mais rápido possível para daqui para o final do ano fazer mais duas lutas. Ano que vem creio que vai ser um ano de vitórias na minha vida, que vou assinar com evento bom lá fora – afirma.

Wendel Almeida segue no Rio de Janeiro, onde reside desde 2017. O acreano estreou no Shooto Brasil 92 e tinha combates marcados para dezembro do ano passado e maio deste ano, mas ambos foram cancelados, o último em virtude da pandemia do novo coronavírus. Por Globo Esporte Acre