Assessoria PRF – Nos três últimos dias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a apreensão de 6 animais silvestres.

Em uma mesma situação, um homem foi detido por crime ambiental e outro foi preso por embriaguez à condução veicular. No outro flagrante, além de também cometer crime ambiental, um terceiro foi preso por tentativa de homicídio. As duas ocorrências aconteceram na capital e no interior do estado do Acre.

No dia 21, por volta das 10h30min, uma equipe da PRF estava realizando fiscalização na rotatória do aeroporto, na BR-364, em Rio Branco (AC), quando os agentes determinaram parada a um condutor. No veículo, havia também um passageiro. O motorista apresentou visíveis sinais de embriaguez e ao realizar o teste do “bafômetro” foi constatada a quantia de 0,62 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões; além disso, o mesmo não possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Durante a inspeção veicular, os policiais localizaram dois pássaros (curió), sem anilhas, em gaiolas distintas. O passageiro assumiu a propriedade, mas não apresentou a Guia de Transporte de Animal (GTA).

Diante das evidências, o condutor foi preso por dirigir sob efeito de bebida alcoólica e encaminhado à Delegacia de Flagrantes. O passageiro foi detido e assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), responsabilizando-se pelo comparecimento à autoridade judicial para responder pelo crime ambiental. Os pássaros foram apreendidos e levados ao Instituto de Meio Ambiente do estado do Acre (IMAC).

No dia 23, aproximadamente às 17h, um homem compareceu à Unidade Operacional da PRF (UOP01), no bairro Santa Cecília, na capital acreana,  para informar que sofrera uma tentativa de homicídio, minutos antes, em um posto de combustíveis, no Km 99 da BR-364.

De acordo com o denunciante, um outro homem, com o qual ele possui um contrato de arrendamento mercantil, tentou disparar tiros de espingarda contra o mesmo, porém a arma falhou e o denunciado teria fugido para a propriedade, na BR-317, no município de Senador Guiomard (AC).

De imediato, os PRFs deslocaram-se para o citado posto de combustíveis e confirmaram a versão do denunciante através de duas testemunhas. Quando os policiais estavam se deslocando para a propriedade do suposto agressor, ao avistar a viatura policial, o mesmo tentou empreender fuga e foi contido pela Equipe PRF. A arma de fogo não foi localizada, entretanto, dentro da residência, foram visualizados quatro animais silvestres (jabutis).

O homem recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard. Os animais foram apreendidos e encaminhados ao Centro de Triagem de Animais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (CETAS/IBAMA), na capital acreana.