Desde o dia 20 de julho está disponível nas unidades de saúde da Rede Municipal de Rio Branco a vacina contra o sarampo para adultos de 20 a 49 anos. A campanha segue até o dia 31 de agosto, segundo informa a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A vacina contra o sarampo faz parte da rotina das unidades de saúde disponível para crianças durante todo o ano, conforme explicou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Semsa, Socorro Martins. Já os adultos, segundo ela, devem aproveitar a oportunidade oferecida nesta etapa da Mobilização Nacional de Vacinação contra o Sarampo.

O sarampo é uma doença grave e de alta transmissibilidade. Uma pessoa infectada pode transmitir para até outras 18 pessoas. A disseminação do vírus ocorre por via aérea ao tossir, espirrar, falar ou respirar e neste caso, não é necessário o contato direto porque o vírus pode se disseminar pelo ar a metros de distância da pessoa infectada.

A vacinação contra o sarampo é uma estratégia para interromper a transmissão e eliminar a circulação do vírus.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, neste ano, até 27 de junho, foram confirmados 5.642 casos de sarampo em 21 estados, entre eles: Pará (3.237 casos – 57,4%); Rio de Janeiro (1.192 casos – 21,1%); São Paulo (688 casos – 12,2%); Paraná (248 casos – 4,4%); e Santa Catarina (111 casos – 2%).

O Brasil permanece com surto de sarampo nas cinco regiões, com 11 estados com circulação ativa do vírus. Os estados do Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina concentram o maior número de casos confirmados de sarampo, totalizando 5.476 (97,1%) casos.

No momento, o país registra cinco óbitos por sarampo, sendo três no Pará, um no Rio de Janeiro e um em São Paulo. Os dados correspondem à Semana Epidemiológica (SE) de 1 a 25 de 2020 (até 20 de junho).