Um trabalhador de 33 anos cortou a perna após um acidente com uma motosserra enquanto tirava lenha em uma propriedade rural no município de Sena Madureira, no interior do Acre. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, ele teve uma semi-amputação da perna esquerda.

O acidente ocorreu na tarde de sábado (11), quando os bombeiros foram acionados para atender a ocorrência no local de difícil acesso. A vítima, identificada como Flávio Dourado da Silva, perdia muito sangue e sentia fortes dores. O resgate durou cerca de 10 horas.

“Ele estava fazendo o corte de lenha, utilizando motosserra e aconteceu esse acidente gravíssimo com semi-amputação do membro inferior da perna e ficou totalmente exposto tanto o ferimento, quanto o joelho dele e foi de uma gravidade muito séria”, explicou o major Claudio Falcão dos bombeiros.

O paciente precisou ser socorrido na primeira parte do trajeto em uma rede por moradores da região, quando foi encontrado pela equipe dos bombeiros que estava em um quadriciclo da Polícia Militar e depois seguiram mais um trajeto até a viatura e só então foi levado ao hospital da cidade.

“Ele foi colocado em uma prancha rígida, para ser transportado até a viatura, até chegar no hospital. Esse trajeto todo foi em torno de 10 horas por causa do difícil acesso. Mas, ele foi entregue no hospital com vida, consciente e com todo atendimento pré-hospitalar de estancamento de hemorragia feito para manter essa vítima viva até chegar ao hospital”, contou o major.

O major explicou que o ferimento foi na altura da perna esquerda e se dividia em dois, um no joelho com exposição patelar e o outro na parte posterior com aproximadamente 35 centímetros comprimento.

A reportagem tentou contato com a direção do hospital de Sena Madureira para saber o estado do paciente, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Por Alcinete Gadelha, G1 Acre