Um trabalho minucioso do Grupo Tático do 2º Batalhão retirou de circulação duas pessoas suspeitas de tráfico de drogas, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. As prisões aconteceram na Rua Sanacre, no Santa Inês, em Rio Branco, em um apartamento.

Consta na inicial que o casal estava dentro de um veículo ônix, de cor branca, placa QUJ final 36, estacionado em via pública. Ao perceberem algo estranho, os militares resolveram fazer a abordagem. A mulher apresentando nervosismo disse aos policiais que morava em frente aonde o veículo estava estacionado. Já o companheiro dela, disse que era motorista de aplicativo. Desconfiados de haver algo mais, os policiais pediram para fazer uma busca na residência, o que foi prontamente atendido.

Ao fazerem a busca, eles encontraram uma submetralhadora 9mm. Além disso, haviam 441 munições, sendo que 50 delas eram de .40; 242 munições de 9mm; 60 munições 380; 74 munições de calibre 22; 10 cartuchos de ‘calibre 12’ e 5 munições de calibre 357.

Além de todo esse material bélico, os militares lograram êxito em encontrar a droga. Foram apreendidos 9 quilos de maconha guardados em uma bolsa no guarda-roupas.

O casal foi encaminhado à Delegacia Central de Flagrantes (Defla) e ficam à disposição da Justiça.