Agentes da 4ª Regional de Polícia Civil, em Rio Branco, prenderam dois sujeitos na manhã desta sexta-feira (10) sob a acusação de falsificarem receitas médicas e em seguida fazer a retirada destes medicamentos específicos para tratar a Covid-19 nos postos de Rio Branco.

A prisão da dupla que, de acordo com o grau de parentesco são pai e filho, aconteceu em virtude de uma operação coordenada pelo delegado Pedro Resende  com a finalidade de inibir essas práticas criminosas.

A ação dos dois indivíduos tinha o objetivo de comercializar a medicação que, (mediante a receita falsa, enganaram as Unidades Básicas de Saúde) e adquiriram os remédios gratuitamente pela rede pública de saúde, para posteriormente vender em comunidades carentes de Rio Branco.

De acordo com um levantamento, a ação criminosa dos dois sujeitos deixou dezenas de Unidades Básicas de Saúde de Rio Branco sem disponibilidades dos medicamentos azitromicina, ivermectina e outros componentes utilizados no tratamento do coronavírus.