Uma briga entre um casal por pouco não terminou em tragédia no km 4 da Estrada do Quixadá, em Rio Branco. Um homem teria ateado fogo na casa da família após discussão com a mulher. O caso ocorreu na noite de quinta-feira (9), e o Corpo de Bombeiros do Acre foi acionado para controlar o princípio de incêndio.

Ninguém ficou ferido. A Polícia Militar do Acre (PM-AC) esteve no local para tentar prender o suspeito, mas ele fugiu antes da chegada da equipe.

O major Cláudio Falcão, da assessoria do Corpo de Bombeiros, informou que os moradores fizeram os primeiros trabalhos de combate ao fogo antes da chegada dos bombeiros.

“Os moradores estavam controlando o fogo quando os bombeiros chegaram. Os moradores jogaram água, e a gente fez o controle total e não deixamos passar para as demais residências. Houve relato dessa briga e foi acionada a Polícia Militar”, destacou.

Ainda segundo o major, a casa era de alvenaria e sofreu apenas alguns danos. A proprietária da residência estava no local e passou as informações para as equipes.

“Deixamos em cargo da PM para fazer buscas e terminar a situação. Foi um princípio de incêndio, sempre que há um combate é mais fácil controlar. As pessoas não deixaram se propagar muito”, frisou.

Fogo em mercado

Já na manhã desta sexta (10), os bombeiros foram acionados para atender outra situação com princípio de incêndio, desta vez no mercado municipal do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, na capital acreana.

Um curto-circuito na fiação elétrica teria causado o fogo. “Começou no curto-circuito e quem estava lá começou a controlar até a gente chegar”, disse Falcão. Do G1 Acre.