A Polícia Rodoviária Federal em Vilhena, em operação integrada com a Polícia Militar e a Polícia Civil do estado de Rondônia, solucionou o desaparecimento de do casal de dentistas idosos Eldon Mai e Dionelia Giacometti Mai, moradores de Colorado do Oeste, registrado no último domingo (5).

Dionelia é servidora da Secretária Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) e estava afastada desde o início da pandemia de coronavírus por fazer parte do grupo de risco. Ela é dentista da Sesacre desde o ano de 2018. Após o afastamento, a servidora viajou para Rondônia onde estava com o marido.

Na madrugada desta terça-feira (7), uma equipe de plantão da Delegacia PRF de Vilhena), ciente do desaparecimento do casal de idosos, realizava operação de fiscalização com objetivo de encontrar o veículo das vítimas, quando abordou um carro, da mesma cor e modelo, no qual viajavam três pessoas (um homem, uma mulher e uma criança). Em consulta aos sistemas policiais, foi identificado que o automóvel estava em nome da senhora desaparecida.

Também foi constatado que a passageira adulta tinha um mandado de prisão em seu desfavor, por condenação pelo crime de tráfico de drogas.

Ao tentar explicar a origem do carro, o homem acabou confessando que havia assassinado do casal de idosos e, voluntariamente, conduziu os policiais até o local onde os corpos das vítimas foram ocultados. As motivações, o modo de execução e os demais fatos pertinentes ao crime serão investigados pela Polícia Civil de Rondônia. A criança foi entregue ao conselho tutelar, não sendo exposta à ocorrência nem tendo ciência sobre a situação dos pais.

Após a indicação exata do local por parte de um dos executores, as vítimas foram encontradas enterradas em uma rodovia vicinal no município de Chupinguaia. Os corpos foram encaminhados à perícia técnica e os acusados encaminhados à polícia judiciária, que solicitou prisão preventiva para concluir as investigações. Com informações do Rondônia Agora