Novenário de Cruzeiro do Sul será mantido, mas com adaptações por conta da pandemia do novo coronavírus – Foto: Marcos Santos.

Durante visita à cidade de Cruzeiro do Sul, o governador Gladson Cameli reuniu-se com o bispo da diocese do município, Dom Flávio Giovenale, neste sábado, 4, quando reafirmou o compromisso da manutenção do convênio firmado entre Governo do Estado do Acre e diocese para o repasse de R$ 50 mil destinados à realização do Novenário de Nossa Senhora da Glória.

A maior festa religiosa do Acre e a segunda da região Norte está mantida para acontecer entre os dias 5 à 15 de agosto, em Cruzeiro do Sul. No entanto, este ano a festa acontecerá de forma diferenciada, tendo as celebrações religiosas veiculadas pelos meios de comunicação e redes sociais. A tradicional procissão será substituída por uma carreata em homenagem à padroeira do município, no dia 15 de agosto.

O líder religioso da Igreja Católica no Juruá, bispo Dom Flávio Giovenale, disse que os ajustes feitos no evento foram necessários por conta da pandemia do novo coronavírus. “Este ano nossa festa será diferenciada, mas não poderíamos deixar de realizá-la. Combinamos com o governador que do valor total do convênio, 50% será para a realização da festa e a outra metade será utilizada em ações de combate ao coronavírus, em razão do momento em que vivemos”, disse Dom Flávio.

Também estiveram presentes na reunião o vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima e o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Nicolau Junior.