O ex-presidiário Marcos Antônio Silva Sales, de 35 anos, foi morto com um tiro nas costas, na Rua Belo Horizonte, no bairro Vila Ivonete, ao lado de um restaurante.

O comandante de patrulha do 1º Batalhão da Polícia Militar, Edinei da Silva Souza, que atendeu a ocorrência, informou que a vítima estava com um recibo de posto de saúde no bolso. O que leva a crer que ele estava saindo da unidade de saúde que fica próxima ao local do crime quando foi atingido.

Populares informaram à polícia que dois homens passaram em uma motocicleta pela Avenida Antônio da Rocha Viana e deram ao menos quatro disparos de arma de fogo na direção de Sales, que caminhava pela rua.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atender a ocorrência, mas ao chegar no local apenas pode constatar o óbito. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos.

A Polícia Militar ainda fez buscas pela região, mas ninguém foi preso. O G1 entrou em contato com o delegado Cristiano Bastos, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), para saber se a Polícia Civil já tem informações do que pode ter motivado o crime, mas não obteve resposta até última atualização desta reportagem.

Por Iryá Rodrigues, G1 Acre