A campanha de vacinação contra a H1N1 iniciou em março, com o intuito de vacinar grupos prioritários, e ter um papel de diminuir o índice da doença e aglomerações nos hospitais nesse momento de Pandemia. 

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde era de 90% porém o Município já chegou a 104% e agora a vacinação será para o grupo em geral, ou seja, aqueles que ainda não tomaram agora tem a oportunidade. 

Segundo a secretária de saúde Juliana Pereira nesse momento de muitas tristezas, temos uma ressalva quanto ao vírus da influenza. 

“É importante que as pessoas não estejam adoecendo por esse vírus, pois ele pode ser facilmente confundido com o Coronavírus. Nossas Unidades que não são as Sentinelas, já estão abastecidas pela vacina e enquanto durar o estoque estaremos atendendo a população” destacou ela.