Desde que assumiu o mandato de vereador em fevereiro deste ano, logo após uma guerra judicial que deu ao vereador o direito de assumir a vaga deixada por Sandra Asfury, o vereador Anderson Sandro tenta criar polêmicas e soltar falas de efeito durante as sessões. Uma estratégia para ser notabilizado na mídia.

Durante a sessão remota desta terça-feira (30) o parlamentar usou sua fala para fazer críticas à gestão da prefeita Socorro Neri (PSB), alegando não ter respostas de suas solicitações encaminhadas ao executivo.

Anderson possuído por um ego que é natural de quem não sabe lidar com poder, falou que daria um prazo de oito dias para renúncia da prefeita de Rio Branco. Segundo ele caso ela não o atenda, irá protocolar o pedido de Impeachment na Câmara Municipal.

A notícia repercutiu nas redes sociais e o tiro saiu pela Culatra, rendendo inúmeras críticas e comentários desfavoráveis ao parlamentar.

Anderson Sandro ficou como suplente na última eleição, disputando o cargo pelo PDT, partido que abandonou logo após assumir a vaga de Laércio da Farmácia. Atualmente faz parte das fileiras do PSD do senador Petecão.