Uma atitude de uma policial militar viralizou nas redes sociais neste fim de semana. A foto da policial segurando um bebê enquanto a mãe aguardava atendimento em uma agência bancária foi compartilhada diversas vezes.

O flagra foi feito no Centro de Rio Branco, na última sexta-feira (26). A policial de 27 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, contou que fazia ronda na região do Centro que corresponde ao 1ª Batalhão da PM, quando observou que a mãe, por não poder entrar na agência com a criança, por causa das medidas de prevenção durante o período de pandemia do novo coronavírus, deixou o bebê com outra mulher que estava grávida e que ela imagina ser uma amiga.

Um decreto do governo, de maio deste ano, proibiu a permanência de crianças e adolescentes de até 14 anos, sozinhos ou acompanhados, em filas internas ou externas, exceto nos casos de atendimento à saúde da própria criança.

“A gente estava no patrulhamento e paramos ali na Caixa e uma mãe entregou o filho para uma grávida e ela ficou ali por um tempo e como o bebê já era um pouco grandinho ela começou a apoiar na barriga e percebi que já estava pesando, bem desconfortável e me ofereci para segurar um pouco”, contou a PM.

A soldado disse que segurou a criança por pelo menos 15 minutos até que a mãe saísse de dentro da agência. Ela acredita que a criança tem em média seis meses, mas não soube precisar a idade porque manteve pouco contato com a mulher.

“Me compadeci. Sou mãe, tenho uma bebê de um ano e três meses e a gente vê muita criança quando para nesses bancos e vendo aquela situação da gestante também, lembro que é ruim, você está em pé, pesa bastante e o menino era um pouco grandinho” relembrou.

Ela conta que não pensou duas vezes ao ver a cena e falou para a outra policial que ia pegar a criança. “Ela está sofrendo, vou lá pegar. Fui e peguei. Foi espontâneo.”

A policial disse que não sabe o nome da mãe e que o contato foi rápido após a saída dela da agência. Mas, alguém tirou a foto, que acabou se espalhando pelas redes sociais.

Ela contou ainda que a mãe, ao sair da agência, agradeceu e perguntou se ele não tinha chorado ou incomodado. “Graças a Deus é um bebê tranquilo, pegou ele e tomou o rumo dela e eu continuei o meu patrulhamento.”

Repercussão

A PM disse que não podia imaginar que o gesto que considera simples poderia repercutir. E que só foi tomar conhecimento depois.

“Foi até uma surpresa para mim. As pessoas perguntando: ‘é você’? Fiquei surpresa com toda repercussão porque acho que é um ato comum, mas fiquei até feliz”, contou.

No Facebook onde a imagem foi publicada, a foto foi compartilhada pelo menos 49 vezes e recebeu quase 400 curtidas.

“Uma pessoa admirável, uma amiga. Somente quem conhece sabe a capacidade que como ser humano ela tem, a melhor amizade que tive na Ufac [Universidade Federal do Acre] . Parabéns minha amiga, você tem um coração puro, é uma humildade incontestável, que Deus abençoe você cada dia mais”, disse um amigo.

Outro comentou parabenizando pelo gesto. “Lindo gesto são poucos assim parabéns pra ela”, disse. Do G1 Acre.