Vereadores buscam uma solução para o problema da falta de testes para COVID-19

Essa comissão suprapartidária, composta pelo o vereador Tarcisio, PCdoB, Mauro, PT, Terezinha, PP, Dedê, tem como objetivo tratar dos assuntos do novo coronavírus, e do Covid-19, no município de Feijó.

Esta comissão de vereadores, já enviou vários ofícios solicitando do poder executivo municipal, informações a respeito dos repasses recebidos pelo a prefeitura destinados a combate ao novo coronavírus e respectivamente a covid-19, e com que estão sendo gastos esses recursos, dentre outras informações. A comissão suprapartidária de vereadores, já recebeu as informações por meio de documentos e está com os mesmos, em mãos, para respectivas análises.

Mas além destas informações, dos recursos e dos gastos com o novo coronavírus, a comissão está verificando também as mais variadas denúncias, feita pela a população e recebida pela mesma. Denúncias, sobre a falta da coleta de sangue e outros matériais para respectivos exames, principalmente os feijoenses que estão com suspeitas de estarem infectados pelo o novo coronavírus e precisam realizarem exames sobre o covid-19.

E há três meses os exames realizados no hospital geral de Feijó, foram suspensos e a população Feijó ficou sem ser atendida com a realização de exames. E, isto está causando grande transtorno e prejuízos para todos.

E a comissão suprapartidária de vereadores, já esteve na secretaria de saúde, no ministério público e hospital geral de Feijó em busca de uma solução para que a população volte a realizar seus exames, principalmente exames sobre o covid-19. Mas percebe-se que a situação só se agravou.

O secretário de saúde, informou aos vereadores da comissão que infelizmente a situação estava complicada, porque os contratos dos servidores, profissionais de saúde, que realizavam os exames no hospital geral de Feijó, tinham se encerrados e a secretaria municipal de saúde não pode realizar um novo processo seletivo, devido o período eleitoral.

Mas isto não pode acontecer, o município de Feijó está no meio de uma pandemia do covid-19, o município de Feijó, está em estado de calamidade pública, tem que encontrar uma saída. O que não pode é a população feijoense fica à mercê da própria sorte, principalmente a população mais carente e necessitada os usuários do SUS.

A comissão suprapartidária de vereadores foi novamente ao ministério público e reuniram-se com  o promotor de justiça, Juleadro Martins de Oliveira, e entram com um denúncia formal pedindo providencias para que seja resolvido e encontrado a uma solução na realização de exames, dentre outros problemas, relacionado à saúde pública municipal, principalmente os feijoenses que precisam realizar os exames para saberem se estão infectados pelo o covid-19, e também, os clientes do sus que precisam realizarem exames de pedido médicos para constatação de alguma doença, pois as pessoas não deixaram de adoecerem, contraírem outras doenças, as pessoas continuam adoecendo, e portanto necessitam de realizarem exames

O secretário de saúde municipal, se mostrou bastante preocupado e disse que iria procurar o promotor de Justiça de Feijó, para que todos juntos, comissão de vereadores, promotoria e secretaria de saúde encontrem uma solução para a solução desses problemas, o mais rápido possível.

Até, porque a população não pode sofrer com uma situação desta, principalmente num momento difícil, pandêmico, que o município de Feijó está passando, pois, todos os dias casos de feijoenses infectados pelo novo coronavírus, só aumenta. Concluiu o vereador Tarcisio.

Acre Feijó News