Uma fonte segura informou a redação do site 3 de Julho Notícias que caso o vice-governador do Estado, Major Rocha, se filie de fato ao Partido Social Liberal (PSL), o cenário político em Epitaciolândia mudará drasticamente.

Segundo informações, Everton Soares (que até o momento é o pré-candidato do PSL) será jogado de escanteio e quem assumirá a vaga de favorito é o delegado do município de Epitaciolândia, Sérgio Lopes (pré-candidato pelo PSDB de Rocha), que vem trabalhando em seu favor.

Com a ida de Rocha e do grupo para o PSL, mudanças ocorrerão. O vice-governador é que irá dar as ordem e tomar as decisões. No caso de Epitaciolândia, a pré-candidatura de Everton Soares poderá ir por água abaixo, pois o pré-candidato a prefeito de confiança do Major Rocha é o Delegado Sérgio Lopes, onde Rocha apostará todas as suas fichas. Assim como na capital Rio Branco, onde Rocha está apostando na pré-candidatura do Professor acadêmico Minoru Kimpara.

Não será nada difícil levar às ruas o nome do delegado Sérgio Lopes no processo eleitoral que está por vir, tendo em vista que Sérgio tem desenvolvido um excelente trabalho para inibir as práticas criminosas no município e proporcionar maior segurança para os moradores, juntamente com outras autoridades. Sem falar que por se tratar de uma pessoa séria e honesta e que se interessa de verdade pelas causas sociais, não vive em redes sociais falando asneiras ou com molecagem.

A nossa redação entrou em contato com Sérgio que na oportunidade afirmou que já está se articulando politicamente e que gostaria muito de ter o pré-candidato Chiquinho Chaves ao seu lado, pois tem respeito, carinhos e juntos as chances são maiores para ambos os lados.

O vice-governador Rocha gravou um vídeo, onde falou sobre a sua possível ida para o PSL e que está tratando direto com a executiva Nacional, onde foi convidado recentemente pelo presidente Nacional do PSL, Luciano Bivar, para uma conversa.

“Esse partido (PSL) não tem nenhuma candidatura que dispute as eleições com chances de ganhar a prefeitura, mas tem muitas chapas de vereadores que nós reconhecemos que tem espaço importante que nós poderemos construir, fazer dessas lideranças que estão chegando agora (chapas de prefeitos e vereador), futuras lideranças que irão disputar as próximas eleições”, disse Rocha em vídeo.

Rocha falou ainda que esteve reunido com o presidente estadual do PSL e após a conversa achou que estava tudo certo, mas nesta quarta-feira percebeu que era tudo o contrário daquilo que foi abordado anteriormente.

Veja o Vídeo: