O presidente Jair Bolsonaro critica operação da PF contra fake news | Edu Andrade / Fatopress / Agência O Globo

Por Lauro Jardim – O advogado Luis Gustavo Botto Maia também foi alvo da operação de hoje da Polícia Federal que prendeu Fabricio Queiroz. Foram feitas buscas e apreensões em sua casa e escritório.

E quem é Botto Maia?

Advogado de absoluta confiança de Jair e Flavio Bolsonaro, trabalhou na área jurídica do PSL durante a campanha de 2018 e na prestação de contas da campanha do filho do presidente.

Botto chegou a receber no início de 2019 uma procuração de Flavio para ser o seu representante legal junto ao MP do Rio para, em seu nome, acompanhar e acompanhar a investigação do caso da rachadinha.

Ministério Público

De acordo com o Ministério Público, o mandado na casa de Bento Ribeiro é cumprido contra Alessandra, que também já foi servidora da Alerj.

Também são alvo da operação a ex-servidora da Alerj Luiza Paes Sousa. Os agentes foram até a casa dela em Oswaldo Cruz, também na Zona Norte do Rio. Ela teria repassado R$ 155 mil em salários para Fabrício Queiroz.

Os outros alvos da operação são Matheus Azeredo Coutinho, que ainda é funcionário da Casa Legislativa, e o advogado Luis Gustavo Botto Maia.

De acordo com o Ministério Público, além da busca e apreensão, a Justiça autorizou a aplicação de medidas cautelares contra os investigados, dentre elas o afastamento da função pública, obrigatoriedade de se apresentar à Justiça mensalmente e proibição de fazer contato com testemunhas.