Em campanha divulgada nas redes sociais neste domingo, 14, o governador do Acre, Gladson Cameli aproveitou o momento para comemorar a marca de cinco mil vidas salvas do novo coronavírus, responsável pela pandemia da doença Covid-19 em todo o mundo e que já atingiu oficialmente mais de 9 mil acreanos.

“Desde o começo da pandemia em nosso estado, esqueci a política para cuidar das pessoas. Decretei o isolamento social antes do pico da transmissão da doença”, destacou o governador. Cameli aproveitou para listar ações do Estado no combate à doença, como ter destinado a UPA do Segundo Distrito exclusivamente para o atendimento desses casos, e ter aberto novas vagas no Pronto-Socorro de Rio Branco, no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) e no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul.

Por meio de um vídeo, o governador destacou o reforço no quadro de médicos e enfermeiros, oferecendo gratificação maior aos profissionais na linha de frente. Também lembrou o trabalho de desinfecção de ruas e avenidas, além da vinda de milhares de insumos de saúde, entre respiradores, testes, equipamentos de proteção individual (EPI) e medicamentos.

Junto a tudo isso, os hospitais de campanha de Rio Branco e Cruzeiro do Sul estão próximos de serem entregues e suas estruturas ficarão de forma definitiva na saúde pública do Acre, não sendo desmontados após a pandemia.

Na área social, durante este período o governo proibiu o corte de água, isentou o ICMS da conta de energia e distribuiu milhares de cestas básicas em todo o estado para as famílias mais carentes.

Gladson Cameli também doou seu salário para a compra de cestas básicas e esteve à frente, junto com a primeira-dama, de uma grande campanha de solidariedade que até o dia 4 de junho totalizou em donativos R$ 70 mil em depósitos bancários e 107,7 mil quilos de alimentos. Ele aproveitou para agradecer a todos que participaram.

Ainda assim, o governador lembrou que a pandemia não vai acabar do nada e clamou novamente aos acreanos que façam sua parte para evitar o máximo possível de contaminações, evitando aglomerações, usando máscaras, desinfectando roupas, calçados e objetos cada vez que voltar da rua.

“O governo do Estado já tem um plano para retomar a economia de todas as cidades assim que o vírus passar, mas, para que isso aconteça, precisamos nos concentrar agora em vencer a doença. Tem sido uma luta muito difícil, é justo comemorar as cinco mil vidas salvas”, encerrou o governador.