Dois homens foram presos com uma carga de 18 mil maços de cigarros contrabandeados transportados em dois veículo de passeio.

O flagrante ocorreu no final da tarde dessa sexta-feira (12) em um ramal clandestino na fronteira entre a Bolívia e o município de Epitaciolândia.

O Grupo Especial de Fronteira (Gefron) fazia fiscalização de rotina na região de fronteira quando localizou uma passagem clandestina entre os dois países, que ficava às margens de uma fazenda. No momento, os policiais perceberam que os dois veículos atravessaram o ramal e deram ordem de parada.

“Eles não pararam, nós fizemos o acompanhamento, até que eles atolaram e conseguimos prendê-los. Estava lotado de cigarro, eram dois veículos, sendo que cada um estava só com o motorista, até porque não tinha espaço para mais nada, só cigarros. Eles afirmaram que levariam o cigarro para Rio Branco, foram presos em flagrante”, informou o delegado responsável pelo Gefron, Rêmulo Diniz.

No carro, foram encontrados 1,8 mil pacotes de cigarro com 10 maços em cada. Todo material apreendido, além dos dois veículos e os suspeitos foram levados para a delegacia da Polícia Federal para os procedimentos, já que se trata de um crime federal.

Ainda segundo o delegado, os dois homens presos em flagrante já tinham passagem na polícia pelo mesmo crime de contrabando de cigarro.

Do G1 Acre