Ao entrar em contato com Everton, a mulher foi surpreendida pela grosseria do pré-candidatado. Foto: Arquivo/Facebook

Mais uma polêmica envolvendo o pré-candidato pelo PSL de Epitaciolândia, Everton Soares, vem a público nas redes sociais. Trata-se de um dinheiro que caiu na conta de Everton por engano e agora o pré-candidato se nega a estornar a quantia.

Segundo foi repassado à redação do site 3 de Julho Notícias, uma idosa aposentada que não reside no Acre, teria ido fazer um depósito, mas no ato da operação, a idosa teria digitado um único número da agência, errado, o que resultou em um depósito no Acre, precisamente na conta de Everton.

Como se pode ver nos comprovantes (Abaixo), as contas são semelhantes, praticamente igual, mudando apenas a agência dos favorecidos, ao invés de a idosa digitar 3716 (agência de Jardim Novo Mundo/Goiânia) ela digitou 3416 (agência de Brasileia/Acre. Caindo na conta de Everton).

Veja o deposito na contra do pré-candidato Everton Soares o valor é de 2.000.00 mil reais.

Uma mulher identificada como Leosina Goulart, que é próxima da idosa, entrou em contato com Everton, acreditando que o pré-candidato teria o bom censo, entenderia a situação e estornaria a quantia, mas não foi isso que aconteceu.

Ao entrar em contato com Everton, a mulher foi surpreendida pela grosseria do pré-candidatado. “Eles tentaram me intimidar, dizer que a família dele toda é da Polícia Federal, que eu tenho que ter medo, umas coisas assim, mas eu não estou errada! Eu simplesmente estou querendo que ele estorne um dinheiro de uma senhora de quase 70 anos que errou um dígito”, disse Leosina Goulart.

Em áudio repassado a Leosina, Everton afirmou que dinheiro nenhum havia caído em sua conta, mas o comprovante de transferência diz o contrário. “Não caiu dinheiro na minha conta não, eu olhei aqui e não me ligue mais não fazendo favor!”, disse Everton.

Ouça o Áudio de Everton Soares

Ouça o Áudio de Leosina Goulart ll:

Ouça o Áudio de Leosina Goulart lll:

Ouça o Áudio de Leosina Goulart lV:

Ao afirmar que o dinheiro não teria caído em sua conta, Everton estaria faltando com a verdade, pois o comprovante de transferência de valores da Caixa Econômica Federal mostra que a operação foi realizada.

Após contato de Leosina, a mulher afirma que Everton teria lhe bloqueado para não haver mais contato, mas que ela não iria desistir. De acordo com Leosina, se caso Everton não estornar a quantia por vontade própria, o caso será levado a justiça.

A redação do site 3 de Julho notícias entrou em contato com Everton, que afirmou estar em São Paulo e que não conhece esta mulher e seu advogado estaria cuidando dessa situação.