A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, começou esta quinta-feira, 11 de junho, feriado de Corpus Christi, visitando os mercados municipais Aziz Abucater e Elias Mansour, ambos estão passando por reformas e revitalização. 

Respeitando os protocolos de segurança recomendados pelos órgãos de saúde a gestora conversou com feirantes, ouviu ambulantes e também ouviu um grupo de engraxates.

No processo de reforma a Seinfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana) elevou a cobertura do Mercado Elias Mansour, que antes, era abafado e com pouca circulação de ar. “Nosso foco agora é a saúde, mas não podemos descuidar da melhoria dos mercados municipais já pensando no pós-pandemia. Neste feriado acompanhei os serviços de revitalização do mercado Elias Mansour e de reforma do Aziz Abucater”, destacou Socorro Neri.

Neri falou dos desafios que não são pequenos, ressaltando que nenhuma prefeitura consegue resolver todos ao mesmo tempo. Conforme Socorro Neri, com união, planejamento, trabalho e muita dedicação o município vai avançando, dentro do novo normal. Depois Socorro Neri seguiu para o bairro Sobral, onde visitou a sede da Regional da Baixada que, também está passando por uma reforma.

O secretário adjunto de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcos Venício, disse que a obra da Regional da Baixada já em fase de conclusão é fundamental, porque, atende pessoas de diferentes vivências especialmente a população da melhor idade. “O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro, a partir de hoje, passará por um levantamento técnico, posteriormente será apresentado a prefeita Socorro Neri, visando uma reforma futura”, disse.

Durante a visitação aos equipamentos públicos em processo de revitalização e reforma a prefeita Socorro Neri estava acompanhada do chefe da Casa Civil Márcio Oliveira e do engenheiro civil Marcos Venício, secretário adjunto da Seinfra. Na ocasião, a prefeita recomendou que fosse providenciado melhorias estruturais no entorno dos mercados, especialmente na área de acesso ao porto dos colonos.