Dayse Maria dos Santos Silva Cruz, de 52 anos, foi morta a tiros na noite desse sábado (6) dentro de casa durante um assalto na Rua Belo Jardim, no bairro Joafra, em Rio Branco. Segundo o Centro de Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), os criminosos saíram do local levando celulares das vítimas.

A mulher estava em casa junto com outras duas pessoas quando foi surpreendida pelos criminosos que invadiram o local e anunciaram o assalto. Em seguida, após pegarem os celulares das vítimas, eles atiraram contra Dayse, que foi atingida por três disparos.

Após a ação, os criminosos fugiram do local. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada mas, ao chegar na casa, a mulher já estava sem vida. A Polícia Militar isolou a área para os trabalhos dos peritos.

Ainda segundo a polícia, a filha da vítima relatou que a mãe estava sendo ameaçada pelo companheiro, que está preso. No local, os populares não repassaram informações que pudessem ajudar na identificação dos autores. Foram feitas buscas na região, mas ninguém foi preso.

O corpo de Dayse foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos. O delegado Martin Hessel, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que, a princípio, o caso está sendo investigado como sendo homicídio.

“A equipe de investigadores está em diligências para identificar os autores. No momento ainda não temos como falar sobre motivação”, afirmou o delegado. Por Iryá Rodrigues, G1 Acre