Uma mulher foi flagrada nesta quinta-feira (4) tentando entrar na Unidade Penitenciária Evaristo de Morais, em Sena Madureira, com um mini celular escondido em um fundo falso de uma garrafa de água sanitária.

O flagrante ocorreu quando a mulher entregou o material de higiene para um detento. O material foi submetido a exame do aparelho de raio-X, que acusou um objeto estranho.

Diante da suspeita, os policiais penais esvaziaram a garrafa e cortaram o fundo, achando o aparelho. A mulher deve ter a carteira de visitantes suspensa. Ela foi encaminhada, junto com o material apreendido, para a delegacia da cidade.

O preso que receberia o celular foi levado para o isolamento e vai responder um processo administrativo.
 Do G1 Acre