Assessoria – O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), fez a doação de um micro-ônibus novo para o 7º Batalhão de Engenharia de Construção (7º BEC). O termo de cessão de uso foi assinado nesta terça-feira, 2, pelo governador em exercício, Major Rocha; o titular da SEE, Mauro Sérgio Cruz; o secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade; além do comandante daquela instituição militar, o tenente-coronel Augusto Maciel, e da promotora de Justiça Myrna Mendoza.

O veículo, avaliado em R$ 293 mil, será utilizado na realização de atividades técnicas educacionais, bem como nas aulas práticas do Centro de Formação de Condutores do 7º BEC. Major Rocha fez questão de destacar que parcerias como essa só fortalecem o laço histórico entre o Poder Executivo e o Exército, pelo desenvolvimento do Acre.

“Fico muito feliz em representar o Governo do Estado em mais uma parceria com o Exército, que certamente vai render bons frutos para a nossa sociedade”, frisou o gestor.

Para o comandante do batalhão, a chegada do micro-ônibus é fundamental para a continuidade da formação de condutores habilitados para a categoria D, que permite a condução de veículos que transportem mais de oito pessoas, sem contar o motorista, além de veículos pesados e de passeio. Por ano, até cem soldados, de dez organizações militares, utilizam a estrutura da instituição.

“O 7º BEC é um centro formador de condutores no Acre e Rondônia. Por conta disso, tínhamos uma demanda reprimida porque já estávamos sem micro-ônibus e a chegada desse novo veículo vai cumprir uma função fundamental, que é realizar essa capacitação. Uma vez habilitado na categoria D, o soldado pode conduzir nossas máquinas pesadas. E, ao final do seu serviço militar, volta para a sociedade profissionalizado como motorista”, explicou.

A parceria foi intermediada pelo Ministério Público Estadual. A promotora Myrna Mendoza reconheceu o empenho do governo estadual para atender a demanda apresentada pela instituição militar. “Avalio essa doação como bastante proveitosa para todos os lados. Gostaria de agradecer ao Executivo pela sensibilidade com o nosso pleito referente à necessidade do 7º BEC”, destacou.