Em um grupo de WhatsApp da fronteira, o servidor público do município de Brasileia, Francisco Dantas, afirmou que diante de uma chapa composta pela a ex-deputada Leila Galvão (MDB), como pré-candidata a prefeita e Joelso Pontes (PP) como pré-candidato a vice, ele que também é do progressista não é de acordo, pois o MDB não tem mais seus apoio e muito menos sua admiração.

Francisco cita que para ele, o Movimento Democrático Brasiléia é um partido perdido e que nem todos que compões o MDB são bandidos ou corruptos, mas segundo ele, tem um bando que faz parte do partido que muitas vezes manda e desmanda e com isso praticam atos de corrupção, sonegação fiscal e outra práticas ilícitas.

Dantas afirma no áudio que, deve ser levado em consideração que há pouco tempo (na gestão passada), na qual o MDB estava no poder, a frente da prefeitura de Brasiléia, o que foi que o MDB fez? Desviou milhões e milhões da prefeitura, levando o município quase a falência, estampou o nome da cidade nas páginas policiais, envergonhou a população brasileense, sem contar os danos causados pela aquela marginalidade toda.

E esta situação não dá para ser esquecida, não se pode apagar do papel e fingir que o MDB nada fez ao município. Só se passaram três anos e cinco meses da atual gestão, e o MDB já quer voltar ao poder novamente com a conversa fiada de que é pelo povo e para o povo, e essa história do MDB de andar de mãos dadas é só tentativa de enganar o povo novamente.

De acordo com Francisco Dantas, o MDB quer voltar ao poder para terminar o que começou que é terminar de acabar com Brasileia e depois jogar a culpa para o governo, e se o MDB voltar ao Poder, o município é quem vai pagar o pato.

Ouça o áudio: