Postos de saúde do município de Cruzeiro do Sul vão passar a contar com salas destinadas ao armazenamento temporário dos resíduos hospitalares. As chamadas “salas de expurgo” já foram implantadas pela Fundação FCCV em algumas unidades e estão sendo construídas, agora, em pelo menos três postos.

No Posto de Saúde Jesuíno Lins, por exemplo, a FCCV já implantou uma sala de expurgo. Agora, há obras em andamento nos postos de saúde Cohab -Nestor Soares de Vasconcelos; Geosete Coelho Marinho – Cruzeirinho; e Professora Quita.

Nas salas de expurgo são armazenados os resíduos hospitalares que podem fazer mal para a saúde. O local ajuda a prevenir eventuais contaminações por profissionais da saúde e pacientes, especialmente neste momento em que o país enfrenta a pandemia do novo coronavírus, o que exige ainda mais cuidado com materiais hospitais.

A sala funciona como um equipamento para despejo de sangue, secreções, líquidos provenientes de cirurgias ou materiais que oferecem algum tipo de risco.