A intenção de enfraquecer regulações para facilitar a exploração do ambiente no Brasil repercutiu no exterior. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Fórum – O relator especial das Organizações das Nações Unidas sobre as Implicações para os Direitos Humanos da Gestão e Disposição Ambientalmente Adequada de Resíduos e Substâncias Tóxicas, Baskut Tuncak, declarou que o governo Jair Bolsonaro não tem o direito de usar a covid-19 como uma cortina de fumaça para ampliar o desmatamento.

“O governo não deve usar a covid-19 como cortina de fumaça para minar ainda mais a proteção do meio ambiente, da saúde pública e dos trabalhadores”, disse o relator da ONU, em entrevista exclusiva a Jamil Chade, publicada nesta segunda-feira (25).

A avaliação Tuncak considera a fala do ministro da Meio Ambiente, Ricardo Salles, que sugeriu “passar a boiada” enquanto a imprensa está distraída com o coronavírus. A intenção de enfraquecer regulações para facilitar a exploração do ambiente no Brasil repercutiu no exterior, depois da divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.