Assessoria – Dando continuidade às ações de combate ao novo coronavírus, o Governo do Estado do Acre recebeu neste domingo, 24, mais uma importante remessa de insumos hospitalares, medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPIs) e 8 respiradores mecânicos para o tratamento de pacientes internados na rede pública de saúde.

A chegada dos materiais vindos de Goiânia (GO), e que foram adquiridos pelo governo estadual, assegura a sequência no atendimento oferecido no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC). O hospital tornou-se referência no tratamento da doença, em Rio Branco.

Com os novos respiradores, será possível ampliar o número de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e garantir mais estrutura para socorrer os casos graves. Desde a confirmação dos primeiros infectados com coronavírus, um grande esforço vem sendo feito pelo Estado com o objetivo maior de salvar vidas.

O governador Gladson Cameli lembrou da disputa mundial para a compra de respiradores e destacou o incansável esforço de seu governo na busca pelo equipamento. O chefe do Executivo demonstrou sua preocupação com o aumento do número de infectados e reforçou seu apelo para que a população obedeça as regras de isolamento social.

“A chegada desses respiradores é de extrema importância para que possamos continuar expandindo nossa estrutura de leitos de UTI e ter mais condições para que vidas sejam salvas. Mas sabemos que nenhum país do mundo tem conseguido dar conta da grande demanda causada por essa doença. Por isso, peço a consciência das pessoas para que se cuidem ao máximo para que não precisem utilizar a rede hospitalar”, frisou Cameli.

Somente neste fim de semana, 35 respiradores chegaram ao estado. Os equipamentos já estão sendo distribuídos nas unidades públicas destinadas exclusivamente para o combate à Covid-19. Até o próximo dia 10 de junho, outros 38 aparelhos devem chegar ao Acre. A aquisição é fruto de parceria entre o Governo do Estado e Ministério Público do Trabalho.