Assessoria – O governo do Estado, por meio do Gabinete da Primeira-dama e da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) em parceria com o Sistema Fecomércio/AC, retomou a distribuição de alimentos às pessoas em situação de vulnerabilidade social. Agora, além das sopas serão distribuídas marmitas durante o almoço.

A distribuição faz parte do Programa Mesa Brasil, que contribui para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza. Serão distribuídas diariamente 300 marmitas ao meio-dia e 500 potes de sopa durante a noite. A produção é da equipe do Sesc no Acre.

A continuação do termo de cooperação mostra a força da solidariedade e o compromisso com o nosso estado. Estou muito feliz e agradeço essa parceria que vai ajudar aqueles que mais precisam”, destacou a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli.

A ação foi iniciada no último dia 26 de março e voltou após uma pausa de dez dias, por conta da pandemia do novo coronavírus. “Nosso sentimento é de gratidão. É uma ação de grande impacto, pois traz um consolo imediato para essas pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade. Muitos deles contam apenas com essa refeição para todo o dia. A parceria com o Programa Mesa Brasil tem sido muito importante para promover o mínimo de dignidade a essas pessoas, que sofrem com a fome e a desnutrição, sobretudo nesse tempo de pandemia”, ressalta a secretária de Estado, Ana Paula Lima.

A ação foi intensificada conforme a necessidade de mais pessoas estarem precisando, assim foram incluídas as marmitas. Ao todo são entregues 800 refeições por dia. As instituições que recebem as doações são as cadastradas no Programa Mesa Brasil, além das UPAs, hospitais, rodoviária, pessoas em situação de rua e imigrantes.

Em um momento como esse que estamos vivendo muitas pessoas estão passando fome. Frente ao cenário que estamos passando, o Sistema Fecomércio, através do Programa Mesa Brasil, arrecada alimentos para a produção de refeições para aquelas pessoas que estão em situação de vulnerabilidade. Nosso objetivo maior é ajudar, trabalhar junto para ajudar ao próximo”, comenta a coordenadora do programa do Sesc, Marizete Melo.