Pensando em frear a contaminação, o prefeito Ilderlei Cordeiro encaminhou à Câmara de Vereadores uma medida provisória que responsabiliza pacientes com coronavírus que insistam em descumprir as medidas de isolamento, sem necessidade.

De acordo com a Medida Provisória, quem desobedecer a ordem de isolamento domiciliar prescrita pelo médico, sem necessidade, será multado em R$ 1 mil, podendo inclusive ser preso. As informações foram repassadas pelo procurador geral do município, Jairo de Castro.

Em rondas diárias realizadas pela Prefeitura, sete pessoas com resultado positivo para covid-19 foram flagradas circulando em vias públicas pelo Município. A ação põe em risco a vida de outros cidadãos, que podem ser acometidos pela doença.

Para o prefeito, a medida visa proteger ainda mais a população. “Infelizmente decidimos tomar medidas ainda mais duras, aquelas pessoas que testaram positivo para covid-19 e que forem flagradas andando sem necessidade na rua, serão punidas severamente. Vamos pensar no próximo”, disse Ilderlei Cordeiro.

Durante a Operação Pandemia, que teve inicio no dia 13 de maio, pelo menos 07 pessoas com Covid-19 já foram flagradas circulando nas ruas de Cruzeiro do Sul até está última segunda-feira (18). Das pessoas abordadas, foi constatado que três delas estavam saindo do hospital do Juruá com destino as suas residências. As abordagens estão acontecendo em diversos pontos da cidade.