Um servidor da prefeitura de Porto Acre procurou a redação do site 3 de Julho Notícias para denunciar a irresponsabilidade e pouco caso que o prefeito Bené Damasceno está fazendo com a saúde dos servidores do município.

Mesmo com os 18 casos de coronavírus confirmados no município, o servidores não podem trabalhar em casa, os profissionais têm que trabalhar nos seus setores de trabalho, ainda que estejam apresentando sintomas da doença. Pois é isto que está acontecendo na cidade. Diz servidor da prefeitura

Apesar dos 18 já confirmados, o município espera o resultado de mais 15 que estão em análise, o que pode resultar em um aumento significativo dos casos já que o prefeito não tem tomado nenhuma medida para evitar o contágios do coronavírus.

Sem o prefeito liberar nenhum dos servidores que estão apresentando os sintomas, o que se pode esperar e a transmissão comunitário que elevará o número de casos de pessoas contaminadas.

O descaso do prefeito com a saúde do servidor da prefeitura de Porto Acre, chega a ser um atentado contra a vida humana, pois o mínimo que o gestor deveria fazer era liberar, os funcionários que apresentam os sintomas da doença. Diz servidor da prefeitura de Porto Acre