O dono da rede de lojas da Havan no Brasil Luciano Hang é um dos grandes críticos do isolamento social em vigor nos estados, até porque sua empresa está presente em praticamente todos os estados do País.

Cerca de 30 pessoas fardados com uniforme da Loja, se aglomeraram na frente da prefeitura de Rio Branco na manhã desta segunda-feira dia 18, onde pediam a flexibilização dos decretos do governador Gladson Cameli e da Prefeita Socorro Neri.

Aos gritos de: ‘O vírus vai passar, queremos trabalhar’, os manifestantes percorreram algumas ruas do centro da capital acreana e gritavam outras palavras de ordem contra as medidas de isolamento social.

Mesmo os casos de contaminação aumentando no Brasil e no Acre, o presidente da República Jair Bolsonaro estimula desordem social, o que pode se tornar um grande problema daqui para os prefeito e governadores que estão na linha de frente do combate a pandemia.