Um comerciante foi preso, vendendo munições de forma ilegal, no município de Capixaba. A Polícia Civil, que fez a prisão do homem, não divulgou o nome do suspeito.

Os policiais conseguiram a informação de que o comerciante estava vendendo a munição e, ao chegar no local, encontraram pelo menos 16 caixas de munições que são utilizadas normalmente em espingardas e rifles.

“É um comerciante da cidade e ele estava vendendo munições de vários calibres [28, 16, 22]. Durante interrogatório, ele falou que só vendia essa munição para colonos e pessoas do seringal que não tinham condições de ir em Rio Branco comprar e ele fazia isso”, informou o delegado Marcus Cabral.

O delegado disse ainda que o comerciante informou que a margem de lucro era pouca e fazia a venda para ajudar as pessoas da zona rural que compravam no comércio dele.

“Mas, mesmo diante disso, fiz o flagrante, já comuniquei o juiz e estamos esperando a decisão. É munição para espingardas, e a 22 geralmente é para rifle, bate com o que ele disse, mas é ilegal e ele vai responder. Não pude arbitrar fiança porque nesses tipos de crimes só quem pode aplicar é a autoridade judiciária”, informou Cabral.

Uma jovem de 22 anos foi presa, nesta sexta (15), por tráfico de drogas dentro de um táxi na BR-364, próximo à entrada do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. Por Alcinete Gadelha, G1 Acre