Durante entrevista em live para o Jornalista João Roberto Brana, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) fez um balanço das atividades do congresso nesse período de COVID-19 e prestou conta das atividades que seu mandato tem feito para apoiar o estado e os municípios acreanos.

Perpétua diz que o governo poderia ter acelerado as ações de enfrentamento ao Coronavírus no Acre, prefere provocar o caos, dificultando a vida das pessoas para pressionar os governadores prefeitos; que são os que mais estão fazendo o enfrentamento do vírus.

“Os Países estão mandado centenas de voos para a índia e China para comprar EPI’s e o Brasil não se move, porque tem má vontade do presidente. Quando se derem conta de que precisam correr, já terão morrido muitas pessoas no Brasil. Somos um dos países onde mais estão morrendo trabalhadores na saúde e o Bolsonaro vai passear de Jet-ski no Lago Paranauá, ” desabafou a deputada.

A deputada fez uma rápida avaliação das ações desenvolvidas no Acre e elogiou a postura dos acreanos e dos gestores, que estão aderindo o apelo dos governantes para ficar em casa e se prevenirem ao máximo possível.

“Eu prefiro o comportamento do governador Gladson…ao comportamento de Bolsonaro”. Com essa afirmação a deputada resumiu seus elogios ao governador acreano, que tem se mostrado muito sensível em relação a sua missão de cuidar das pessoas como prioridade neste difícil momento.

“Tenho muitas divergências com o governador Gladson Cameli, mas tenho ligado para ele toda semana por várias vezes. Disputamos uma eleição um contra o outro, mas creio que é hora de esquecer os palanques e trabalhar pelo povo. O Gladson está sozinho, se não fosse apoio da bancada federal eu nem sei como seria,” disse Perpétua.

Perpétua diz que Bolsonaro mente e esconde seu exame de COVID-19 porque foi contaminado e abraço muitas pessoas, não quer ser pego na mentira.

O vice-presidente General Mourão recebeu a parlamentar acreana semana passada, onde trataram juntos de demandas do Acre e da Amazônia, inclusive do governador Gladson Cameli, que falou com Perpétua antes da conversa com Mourão.

“É hora de se unir para salvar vidas, tem famílias chorando e precisamos compreender este momento,” finalizou Perpétua.

Veja o Vídeo: