Médico Pedro Pascoal ministrou treinamento aos profissionais do Samu. Foto: Cedida

Uma equipe do Centro de Operações de Emergência (COE) da Secretária Estadual de Saúde esteve neste sábado no município de Xapuri.

Durante visita ao Hospital Epaminondas Jácome, os membros do COE avaliaram a organização do fluxo de atendimento na unidade, como também verificaram a quantidade de insumos e de equipamentos de proteção individual, os EPIs. “A nossa avalição é positiva, a unidade dispõe de insumos suficientes e o quadro de profissionais está completo”, disse Marília Carvalho do COE.

Na mesma ação, os membros do Centro de Operações de Emergência realizaram a implantação do sistema de monitoramento de internações, insumos e equipamentos do Hospital Epaminondas Jácome.

Médicos e enfermeiros que atuam no Samu de Xapuri participaram de um treinamento sobre primeiros socorros, atendimento e manuseio de pacientes com covid-19, paramentação e desparamentação.

O coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) médico Pedro Pascoal foi o responsável pelo treinamento. “São procedimentos importantes que devem ser adotados durante os atendimentos dos profissionais do Samu, que correm contra o tempo para salvar vidas”, disse o coordenador.

Ele disse ainda que neste momento de pandemia é preciso ter um alinhamento de todos os profissionais do Samu para o transporte de pessoas com casos suspeitos e confirmadas da covid-19. Para o médico Pedro Pascoal alguns procedimento são fundamentais. “A paramentação e desparamentação corretas são indispensáveis aos profissionais da área de saúde”, ressaltou o médico Pedro Pascoal.

O coordenador do Serviço Móvel de Urgência ressaltou que a intenção do Núcleo de Educação Permanente do Samu é levar o treinamento aos profissionais de todo o estado.

O enfermeiro Vilson Ribeiro do Samu de Xapuri disse que o treinamento foi muito importante para os profissionais da área de saúde, principalmente para quem atua no primeiro atendimento. “A gente apreendeu muito. São técnicas importantes neste período de pandemia, que vão ajudar na proteção da equipe e também do paciente”, disse o enfermeiro.

A atividade realizada pelo Centro de Operações de Emergência (COE) faz parte das ações desenvolvidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretária Estadual de Saúde para prevenção e combate ao novo coronavírus e para aperfeiçoar o atendimento nas unidades de saúde.